Últimas noticias

Data da publicação: 11/09/2019

11/09 Dia do Árbitro

Ser Árbitro:
Amar o que faz,
Se dedicar ao máximo,
Ter a consciência de que não somos perfeitos.
Aprender com os erros, porém não desistir nunca de chegar a excelência.
Preparação, respeito e limites.

Parabéns pela CORAGEM.
Parabéns pela DEDICAÇÃO.
Parabéns pelo EMPENHO.
Parabéns pela DETERMINAÇÃO.


Parabéns!!

Parabéns a todos

Diretoria AAESP
Saiba mais

Data da publicação: 05/09/2019

Copa Amstel

Para fechar a última rodada da série A, da XVI Copa Amstel Playball, Inter e Atlético duelaram na tarde do sábado (24/8), na quadra G-14 e em um jogo de oito gols, a equipe colorada saiu com a vitória pelo placar de 5 a 3, de virada. O resultado garantiu o Inter em segundo no grupo 2 e acabou eliminando o Atlético.
A partida começou a mil por hora. Logo com um minuto, Gabriel criou a primeira oportunidade de gol para o Inter, mas acabou parando no goleiro. No ataque seguinte, o Atlético respondeu e foi mais eficiente. Luiz recebeu de Jean e abriu o placar para os alvinegros.
Antes que pudesse responder, o Atlético seguiu com muita intensidade e tratou de aumentar a vantagem rapidamente. Aos 4’, Jefferson, artilheiro da competição deixou o dele, ampliando para a equipe atleticana.
Mesmo com o começo arrasador do Atlético, o Inter manteve a calma e seguiu jogando o sei jogo, sem afobação. A equipe chegou em um escanteio, aos 8’ minutos, com Anderson, que emendou um chute de primeira, mas mandou para fora.
Aos 10’, o juiz viu um toque de mão na área e assinalou pênalti para o Inter. Na cobrança, Kaio acertou um chute indefensável no alto, marcando o primeiro da equipe e diminuindo o prejuízo.
O jogo estava muito bem movimentado, com as duas equipes criando ótimas oportunidades. Aos 14’, Kaio, novamente, marcou para o Inter em um chute cruzado, deixando tudo igual no duelo. Com o momento a favor, o Inter dominava as ações da partida e jogava melhor.
Antes do fim do primeiro tempo, duas chances claras de gol, sendo uma para cada. Aos 18’, Jefferson, do Atlético, finalizou e a bola passou rente a trave. Aos 22’, foi a vez do Inter chegar bem com Gabriel, que cabeceou e viu o goleiro fazer uma bela defesa e a bola acertar a trave em seguida.
Na volta para a segunda etapa, a expectativa era de que o jogo seguisse bem movimentado. O empate servia para o Atlético classificar e o Inter, já classificado, buscava mais a vitória.
Aos 6’, Jefferson teve uma boa chance de marcar para o Atlético, mas a finalização acabou saindo para fora. No ataque seguinte, o Inter respondeu em uma jogada aérea com Wallace, que também levou perigo.
Aos 8’, Denner marcou e virou a partida para o Inter, colocando mais pressão no rival.
Precisando do resultado, o Atlético se lançou mais ao ataque. Aos 15’, após uma cobrança de lateral, Luiz empurrou para o fundo das redes deixando tudo igual mais uma vez.
Porém, não houve muito tempo para celebrar. Aos 19’, Caio aproveitou a sobra e fez o quarto gol do Inter no duelo. Para selar de vez a vitória, o Inter voltou a marcar em uma bela jogada coletiva. Aos 20’, Kaio abriu a jogada para Pedro Henrique, que rolou para Rodrigo fechar o placar e garantir a vitória colorada.
 
Com isso, o Inter se prepara para a próxima fase, onde enfrenta a equipe do My Balls.
Saiba mais

Data da publicação: 04/09/2019

Copa Amstel feminino

O duelo entres as atuais campeãs da série A e as atuais campeãs da série B na VI Copa Amstel Playball foi eletrizante. O Corinthians penou bastante com a defesa do Asjaques, mas conseguiu a vitória por 4 X 2 na última rodada de grupos. Destaque para Thaisinha, camisa 33 do Corinthians, que anotou o seu no momento mais difícil da partida e ajudou a levar mais tranquilidade à sua equipe.
A partida iniciou com o Asjaques tentando surpreender as adversárias, mas o Corinthians impediu e jogou cercando as Jaques em busca de um gol, mas a equipe vermelha e branca se defendia muito bem. As Jaques camisa 4, Clara e camisa 5, Isabella faziam muito bem o trabalho da defesa, e evitavam os ataques que passavam da intermediária. A equipe corintiana jogava melhor, mas a marcação do Asjaques funcionava bem e impediu as adversárias de concluir em gols suas jogadas.
O Corinthians jogava com muito toque de bola e a marcação forte do alvirrubro Asjaques dificultava o jogo alvinegro, que tentou chegar com Simone, a camisa 13, mas o chute bateu na trave. O Asjaques se propuseram a segurar o Corinthians em seu campo de defesa e a tática funcionou bem no primeiro tempo. O time alvinegro pressionava, buscava espaço, procurava tocar a bola, mas não conseguia abrir o placar. 
O alvinegro tentava encaixar as jogadas encontrava dificuldade em rodar a bola até chegar ao gol, como gosta de jogar. O Asjaques dava trabalho para o Corinthians se defendendo muito bem e arriscando jogadas quando encontra algum espaço. O objetivo das alvirrubras no primeiro tempo foi segurar o ímpeto do time corintiano e isso elas conseguem fazer muito bem, pois os primeiros 25 acabam sem gols. 
Na segunda etapa, o Corinthians volta ainda mais agudo e abre o placar antes de completar o primeiro minuto de jogo. A camisa 30, Natalia Luana recebeu dentro da área e abriu o placar com chute rasteiro sem chance de defesa.  
Asjaques sente que pode mais além de se defender. A camisa 17, Renata, acertou um chute e a bola explodiu no ângulo e saiu, para a sorte do Corinthians e da goleira que só olhou. Mas elas não desistiram, aos 10, empatam com a camisa 4, Clara, que disputou a bola com a goleira Monique. 
Depois que conseguiu o empate, o Asjaques fechou ainda mais a defesa. Todo o time permaneceu no campo de defesa, dificultando  toque de bola rápido e infiltrações do Corinthians. O alvinegro, com mais posse de bola, perde várias oportunidades de ficar à frente do placar, com a camisa 2, Danila e com a camisa 9, Ana Lucia.
O Asjaques jogou com muita garra na defesa, fechando bem os ataques, se esforçando para impedir os ataques do Corinthians. As jogadoras se dão, se doam, pulam em todas as bolas, aparecem para pegar e o Corinthians sente bastante dificuldade nesse jogo, aparentemente o time mais difícil que o Corinthians enfrentou até aqui no campeonato. 
O time do Asjaques marca muito bem, marca forte, diminui os espaços que o Corinthians encontrava para jogar. O que dificultou bastante, pois é um time que gosta de espaço, que gosta tocar a bola e utilizar bem os limites do campo. Em uma das jogadas de ataque do Corinthians, a goleira do Asjaques faz uma bela defesa em chute de Cássia, camisa 10 em duas oportunidades. 
O Corinthians fica mais nervoso e perdeu muitas oportunidades que não tem costume de perder, além das duas com Cássia, uma outra com a camisa 5, Bárbara. Sente dificuldades em furar a defesa do Asjaques, mas se mantém buscando  placar. Mas é o recuado Asjaques que vira o jogo para cima do Corinthians. Aos 18, Bianca Florez, a camisa 16, recebeu ainda no campo de defesa, em um erro do Corinthians e avança, dribla a marcadora, consegue avançar mais e quando chega próximo ao gol, chuta cruzado, sem chance de defesas para a goleira Monique. 
Sem costume de ficar atrás no placar, o alvinegro intensificou ainda mais a pressão no Asjaques e conseguiu o empate. Aos 20, em lance de velocidade, a camisa 33, Thaisinha, recebeu dentro da área, com o domínio ela tirou a marcadora e chutou forte no meio do gol, praticamente à queima roupa da goleira. O gol mudou completamente o comportamento do alvinegro na partida, que se encontrou e conseguiu encaixar as jogadas . 
Logo aos 22, o Corinthians alcançou o terceiro com Cássia. Em cruzamento dentro da área, ela dominou, tirou a marcadora e chutou forte para dentro do gol, de forma muito parecida com o gol anterior. O Corinthians passou a se sentir mais à vontade na partida e o Asjaques, também sentindo que poderia chegar, afrouxa um pouco a marcação e permite o alvinegro fique à frente novamente. 
Em jogada de velocidade pela esquerda aos 24, o Corinthians faz mais um. Cássia chutou, a goleira faz a defesa e a bola sobrou para a camisa 5, Bárbara, que colocou para dentro do gol. Com essa vitória, o Corinthians se classificou para a fase de mata mata como líder de seu grupo e o Asjaques em segundo lugar. Ambos os times poderão se encontrar na próxima fase, caso consigam chegar às semifinais. Os primeiros adversários das equipes serão conhecidas no chaveamento. 
Saiba mais

Data da publicação: 15/08/2019

Torneios em andamento

Oficiais de arbitragem do quadro da AAESP, estão atuando em diversos torneios na cidade de São Paulo e entorno.
Copa palyball Pompeia, Copa Anhaia Melo, São Caetano, Torneio da Leo Madeiras, Sesc Belenzinho, Copa Claro empresas, Copa da amizade do Sirio Libanes, nas diversas modalidades.

Contrate uma equipe de arbitragem para o seu evento,
Informeções: 11-3326-6969 ou whatsap 9.9776-7416
Saiba mais

Data da publicação: 11/04/2019

Campeão do trofeu SP 2019

Cantareira FS é campeão do Troféu SP - Série Ouro
Nesse domingo (7), na Playball Pompéia, aconteceu a finalíssima do XXI Troféu SP de Futebol 7 Society. Já conhecido nos torneios da Federação, o Cantareira vinha em busca do título inédito. Já o Busão 100 Freio participava pela primeira, mas com um elenco repleto de bons jogadores mostrou ao que veio e já chegou na final.
E o jogo começou muito equilibrado. Sempre bem armado defensivamente, o Cantareira se organizava atrás, enquanto Busão trabalhava mais a bola. O Busão tinha em seu camisa 20, Renan, o principal desafogo para quebrar a marcação do adversário. Já o Cantareira buscava na velocidade de Juninho e na força e faro de gol de Zózimo para tomar a dianteira no placar.
E foi dos pés da dupla de ataque que saiu o primeiro gol da partida. Depois de bola recuperada, Zózimo recebeu e deu passe açucarado para Juninho que finalizou para vencer o goleiro do Busão, 1 a 0. A equipe dos sem freio parecem ter perdido o rumo após o gol e, menos de um minuto depois, Zózimo marcou para ampliar a partida, 2 a 0.
Quem via de fora e quem conhece a equipe do Cantareira sabia que o adversário não teria vida fácil. Quando sai na frente, o Cantareira é quase imbatível. Quando o primeiro tempo já se aproximava do fim, falta para o Busão. O time laranja e branco reclamou muito, considerando o lance normal. Mas já estava marcado. E, na cobrança, Renan cobrou para a entrada da área, Cleberson, que havia acabado de entrar, desviou de letra e diminuiu para sua equipe, golaço! O Busão conseguiu o gol em hora importante e foi para a segunda etapa com diferença de apenas um gol.
No segundo tempo o que se viu foi um ataque contra defesa. O time do Cantareira não teve vergonha de se defender e soube sofrer no jogo. O Busão martelava de tudo quanto era jeito. Bola alçada na área, chute de longe, jogada de pivô, lances pela ala, mas nada passava pela intransponível muralha laranja. Biel, Thaynan, Murilo e Arthur e companhia não deixavam absolutamente nada passar. Após jogada pela direita, Cleberson recebeu dentro da área e bateu vencendo o goleiro Biel. Mas não venceu Murilo que estava em cima da linha e tirou para alívio da Cantaloucura que vibrava a cada bola chutada para longe da área de perigo.
O Busão tentou, mas não deu. O Cantareira é o grande campeão do XXI Troféu São Paulo Fut 7 Society Série Ouro. O goleiro Biel, do Cantareira, foi eleito o goleiro destaque da competição. Já na artilharia, três atletas ficaram empatados com 10 gols. Denny e Rubens do Absolut e Ronaldo do Galáticos. Como é de praxe na Federação, o atleta mais velho levou o troféu. Nesse caso, Rubens do Absolut.
Saiba mais

Data da publicação: 24/05/2018

Curso de Futebol Society, para novos Árbitro

A Federação Paulista de Clubes de Futebol 7 Society, convida a todos interessados a participar deste curso e a fazer parte do quadro paulista de Arbitragem, credenciados para atuar em jogos da modalidade esportiva Futebol Society. Palestrantes: Prof. Milton Mattani, Criador das regras oficiais e Prof. Lauro Henrique. Temas: Histórico da Modalidade no Brasil e no Mundo. Regras Oficiais Internacionais da Modalidade Futebol 7 Society. Linguagem corporal e verbal na atuação em jogos. Uniforme (Padrão de uso e modelos recomendados pela Federação). Certificado de Conclusão do Curso: Os aprovados receberão certificados emitidos pela Federação Informações: Os interessados deverão entrar em contato pelos fones: 11-3229-7515 e 11-3226-6969 ou pelo e-mail, federacaosociety@gmail.com ou no endereço: Av Prestes Maia, 241- 8º Conj. 815 Praça do Correio Metro São Bento- Centro São Paulo. Inscrições: Livre para homens e mulheres acima de 16 anos. Prazo para as inscrições: até 30/05/2018 Valor do Investimento: R$ 300,00 Início: 04/06 Horário: 19:00hs às 21h30 Local: Sede da Federação Apoio: CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE SOCCER SOCIETY E FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE FOOTBAL 7 SOCIETY. Departamento de Arbitragem
Saiba mais

Data da publicação: 26/04/2018

Atualizações das regras de futebol society 2018

Com as presenças do Prof. Milton Mattani e Lauro Henrique Presidente da federação paulista, foi realizada na cidade de São Paulo a pré temporada da arbitragem paulista, visando as atualizações e padronizações das regras oficiais do futebol society.
Saiba mais

Data da publicação: 28/11/2017

Curso para novos árbitros de futebol 7 society, inscrições abertas

Em Janeiro vai acontecer novo curso para árbitros de futebol society. Informações: federacaosociety@gmail.com ou 9.7576-7527 pelo watshap
Saiba mais

Galeria

Trofeu SP 2019 Society

Saiba mais

Dy Cup - Futsal

Saiba mais

Copa Amstel Playball

Saiba mais

Olimpíadas Hebraica/ Macabi Interamericana 2016

Saiba mais

Vídeos

Parceiros

SAS Eventos

Mini Banner 1